PUBLICIDADE
SALDO SUPERAVITÁRIO
Vendas de soja e de ouro elevam exportações de Roraima
Por CYNEIDA CORREIA
Em 09/02/2019 às 09:00
Soja é considerada o ouro do lavrado (Foto: Tadeu Vilani /Agência RBS)

Segundo a Divisão de Estudos e Pesquisas (Diep) da Coordenadoria Geral de Estudos Econômicos e Sociais (CGEES), as exportações de produtos roraimenses foram de US$ 8,5 milhões em janeiro deste ano, o que representa um aumento de 834% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Este aumento se deve às altas receitas advindas da venda de apenas dois produtos: a soja, com exportações para a China de mais de 11 mil toneladas, o que gerou uma receita de aproximadamente US$ 4 milhões, e o ouro, com vendas para a Índia de 57 quilos deste metal precioso, gerando receita de US$ 2,9 milhões.

Outros produtos que se destacam na pauta da exportação são os gêneros alimentícios e de higiene pessoal destinados à Venezuela. O país vizinho adquiriu em janeiro US$ 1,6 milhão de mercadorias roraimenses.

PUBLICIDADE

As importações também apresentaram um crescimento acentuado no mês de janeiro, totalizando aproximadamente US$ 2,8 milhões, o que representa um aumento de 54%. Comparando com os meses dos anos anteriores, este foi o segundo maior valor de importação para um único mês, ficando atrás apenas de maio de 2009, quando as importações totalizaram cerca de US$ 5,2 milhões.

Assim como aconteceu em maio de 2009, a importação acentuada em janeiro deste ano se deve à compra de uma aeronave vinda dos Estados Unidos no valor de aproximadamente US$ 2,3 milhões.

Outros produtos que se destacam na pauta de importação são partes e acessórios de veículos, centrais de ar-condicionado, pneus, e eletroeletrônicos vindos da China que somam juntos mais de US$ 319 mil.

O saldo da balança comercial de Roraima, que é a diferença entre as exportações e as importações num mesmo período, ficou superavitário em US$ 5,8 milhões.  (C.C.)

***
Gostou?
3
2
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!