PUBLICIDADE
SINCICIAL RESPIRATÓRIO
Vírus que infecciona bronquíolos de bebês circula no inverno
A imunização para prematuros é fornecida pelo SUS
Por Folha Web
Em 30/01/2019 às 09:00
Bronquiolite e pneumonia são as principais infecções causadas pelo VSR (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

O VSR é um vírus de caráter sazonal, circula em determinadas épocas do ano. Na região norte coincide com a temporada das chuvas. O vírus é a principal causa de bronquiolites em bebês até 2 anos.

Em bebês saudáveis, a infecção pelo VSR pode apresentar sintomas semelhantes a uma gripe forte; em bebês prematuros ou nascidos com cardiopatias, é uma das principais causas de rehospitalizações frequentes, em alguns casos, pode ser fatal. A infecção pode resultar em problemas respiratórios por longo período, em média até os 12 anos de idade.

Não há tratamento para infecção por VSR– somente para controle dos sintomas – mas pode ser prevenido. O contágio é pelo ar ou por objetos e superfícies que possam estar contaminadas (como brinquedos, maçanetas de portas).

Para bebês prematuros ou nascidos com algum tipo de cardiopatia, a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Imunização recomedam a imunização preventiva, por anticorpo, disponível pelo SUS e também incluido no rol de procedimentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) em planos de saúde. Segundo Dr. Renato Kfouri, da Comissão de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria, “os bebês de risco nascidos nos meses que antecedem a estação do pico de circulação do VSR também devem ser imunizados, assim que se inicia a estação,  assim como aqueles nascidos durante o maior período de circulação do vírus”.

Em bebês saudáveis, a infecção pelo VSR pode apresentar sintomas semelhantes a uma gripe forte (Foto: Divulgação)

Infecção

A bronquiolite é uma infecção nos bronquíolos, ramificações dos brônquios que levam oxigênio aos pulmões. A infecção provocada pelo VSR causa excesso de muco e estreitamento nesses bronquíolos, comprometendo a absorção de oxigênio. Entre os sintomas, o bebê fica com dificuldade para respirar. Depois da bronquiolite instalada, existem somente medidas paliativas para alívio dos sintomas

Não há tratamento para infecção por VSR– somente para controle dos sintomas (Foto: Divulgação)

Outras medidas profiláticas:

Lavar sempre as mãos antes de pegar/tocar em bebês

Evitar o contato de bebês com crianças e adultos com sintomas de “resfriado”

Manter brinquedos e outras superfícies sempre limpas

Evitar locais fechados e contato do bebê com fumantes.

Veja a importância da amamentação 

***
Gostou?
1
0
PUBLICIDADE
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!