Laboratório de manipulação de ouro é encontrado durante operação da PF - Folha de Boa Vista
LA CADENA
Laboratório de manipulação de ouro é encontrado durante operação da PF
Suspeitos disfarçariam o metal precioso contrabandeado como sucata metálica, dissimulando sua origem e qualidade e são acusados de ter movimentado ilegalmente quantias bilionárias
Por Folha Web
Em 15/10/2021 às 10:40
Operação La Cadena leva nome em espanhol que significa “cadeia”, devido à nacionalidade venezuelana de parte dos envolvidos (Foto: Divulgação)

Um laboratório de manipulação de ouro com produtos químicos e ferramentas foi descoberto por policiais federais em uma casa alvo da Operação La Cadena, deflagrada nesta sexta-feira (15), em Boa Vista. A ação busca desarticular organização criminosa acusada de movimentar ilicitamente ouro de terras indígenas e da Venezuela.

Segundo a PF, os suspeitos disfarçariam o metal precioso contrabandeado como sucata metálica, dissimulando sua origem e qualidade. Eles são acusados de ter movimentado ilegalmente quantias bilionárias.

Nos vídeos e fotos divulgados pela Polícia Federal, os agentes vistoriam gavetas e computador, encontram documentos, um bolo de dinheiro e uma balança, juntam quilos de alimento não-perecível e contam notas de R$ 50 e R$ 100. Na saída, um policial aparece levando uma mala e um saco com documentos.

O inquérito policial indica que a organização exportaria irregularmente volumosas quantidades de produtos alimentícios para o país vizinho, com suspeitas de que o pagamento seria feito em ouro, de forma que este seria internalizado clandestinamente no Brasil.

A Operação La Cadena, cujo nome em espanhol significa “cadeia” devido à nacionalidade venezuelana de parte dos envolvidos, cumpre quatro mandados de prisão preventiva, 14 de busca e apreensão, seis de condução coercitiva para monitoramento eletrônico e 16 de sequestro de bens.

Segundo a PF, há indícios da importação proibida de mais de 100 kg de ouro venezuelano, além da dissimulação da origem de mais de R$ 32 milhões. Os alvos são suspeitos, principalmente, dos crimes de organização criminosa, contrabando, descaminho, sonegação tributária e lavagem de dinheiro.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
14
3
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!